Contigo nunca me perco, perdendo-me ! (Ricardo Santos)

terça-feira, 31 de outubro de 2017

CinemaScope (8)

Retomo uma rúbrica que existia neste blogue, em rodapé e que possivelmente passou despercebida a muitos que me visitavam, por estar mesmo lá no fim da minha página.

É música claro ! O que estavam à espera ?

São composições que me dizem muito, porque sou um romântico e um eterno apaixonado por música, pelas outras artes, pela humanidade, pelos amigos que encontrei na blogosfera, pela Natureza, pela vida, no fundo, pelas coisas boas desta sociedade em que vivemos.

Desta vez os registos, enquanto não apagados ou eliminados do Youtube, ficarão por cá, com uma única etiqueta “CinemaScope”.

Um dos “slows” mais agradáveis da história da música “rock” !

Led Zeppelin (1968 - 1980) – Stairway to Heaven (1971) de Jimmy Page / Robert Plant

sábado, 28 de outubro de 2017

Doismileoito – Nascidos Aqui (12)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Doismileoito (2005) (Não existe sítio do grupo, nem nem Wikipedia, existe referências a eles, somente no sítio https://www.last.fm/music/Doismileoito/+wiki. 1º. álbum de 2009 (doismileoito); 2º. album “Pés Frios” de 2011.

Acordes c/ Arroz, de 2009, do álbum “dosimileoito”.


Conta Comigo, do álbum “Pés Frios” de 2011.


Volta ao Mundo, no programa de televisão “Planeta Música”


Bem Melhor, teledisco oficial do single.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Eyes Thru Glass (24) – Panteão Nacional

Aqui neste blogue e no “Eyes thru Glass“ mostro aquilo que os meus olhos vêem, através da objectiva.

Aqui ficarão somente as fotos, sem texto ficcional e sem música, apenas uma breve introdução, onde são tiradas e quando, e eventualmente alguma especificação técnica. Cliquem sobre a primeira foto para poderem vê-las em formato maior.


No dia 21 de Agosto de 2016, fiz umas quantas fotos do Panteão Nacional, sito na Igreja de Santa Engrácia, em Lisboa.













quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Sitiados (3) A Formiga no Carreiro

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Músicas do CD Duplo “Os Filhos da Madrugada” editado em 27 de Abril de 1994, onde o Grande José Afonso, foi homenageado pelos artistas das principais bandas portuguesas. É também a minha homenagem a esta figura IMPORTANTÍSSIMA na vida musical portuguesa e no respeito que demonstrava e defendia pela liberdade de todos os cidadãos.

José Manuel Cerqueira Afonso dos Santos (Aveiro, 02-08-1929 – Setúbal, 23-02-1987)


Desenho meu, feito a lápis de carvão, no ano de 1988, após a morte do Artista

Sitiados (década de 1990)





A formiga no carreiro
vinha em sentido contrário
Caiu ao Tejo
ao pé de um septuagenário
Lerpou trepou às tábuas (bis)
que flutuavam nas águas (bis)
e do cimo de uma delas
virou-se para o formigueiro
mudem de rumo (bis)
já lá vem outro carreiro
A formiga no carreiro
vinha em sentido diferente
caiu à rua
no meio de toda a gente
buliu abriu as gâmbias
para trepar às varandas
e do cimo de uma delas
virou-se para o formigueiro
mudem de rumo (bis)
já lá vem outro carreiro
A formiga no carreiro
andava à roda da vida
caiu em cima
de uma espinhela caída
furou furou à brava
numa cova que ali estava
e do cimo de uma delas
virou-se para o formigueiro
mudem de rumo (bis)
já lá vem outro carreiro

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Faz Hoje Anos (9) - Anita O'Day, (10) - Annette Hanshaw, (11) - Curtis Stiggers, (12) - Lotte Lenya e (13) - Wynton Marsalis

Faz hoje 98 anos... Parabéns !!!

Anita O'Day (18-10-1919 - 23-11-2006). A composição é, “That Old Feeling”.


Faz hoje 116 anos... Parabéns !!!

Annette Hanshaw (18-10-1901 – 13-03-1985). A composição é, “True Blue Lou”.


Faz hoje 52 anos... Parabéns !!!

Curtis Stiggers (18-10-1965). A composição é I'll Be Your Baby Tonigh.


Faz hoje 119 anos... Parabéns !!!

Lotte Lenya (18-10-1898 - 27-11-1981). A composição de Bertolt Brecht e Kurt Weill, “Surabaya Johnny”, extraída do musical “Happy End”.


Faz hoje 56 anos... Parabéns !!!

Wynton Marsalis (18-10-1961). A composição é, “Jungle Blues”.

domingo, 15 de outubro de 2017

Inesquecíveis (22)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos) e (http://memoriaglobo.globo.com/ da TV Globo)

Esta será a penúltima publicação dests rúbrica que tantos de vocês gostaram. Agradeço os vossos comentários !!!

Novela:         O Casarão                        
Ano:              1976  
Tema:           Capricho      
Intérprete/s: Nara Leão (19-01-1942 – 07-07-1989)                        
Autor/es:       Nara Leão


Novela:         Roque Santeiro                           
Ano:             1985
Tema:           Indecente     
Intérprete/s: Anne Duá (19??)                         
Autor/es:       Jimmy/ Rosane do Amaral

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Ennio Morricone (3)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Aqui durante algumas semanas vão ficar a conhecer algumas (poucas) composições do compositor Ennio Morricone.

Ele compôs e organizou para mais de 500 produções de filmes e televisão. Morricone é considerado um dos compositores de filmes mais influentes e mais vendidos desde o final da década de 1940.

Ele vendeu mais de 70 milhões de discos em todo o mundo, incluindo 6,5 milhões de álbuns e singles em França, mais de três milhões nos Estados Unidos e mais de dois milhões de álbuns na Coréia.

Em 1971, o compositor recebeu o seu primeiro disco dourado para a venda de 1.000.000 de discos em Itália e um "Targa d'Oro" para as vendas mundiais de 22 milhões.

Ennio Morricone (10-11-1928)



A Man With Harmonica (1969).


Il Clan Dei Siciliana, interpretado por Dalida.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

A Contar pelos Dados (5) – A “Lisbonense”


Raúl dirigia-se à leitaria do bairro, com passo apressado. O café matinal tirado pela Rita era como um bálsamo para o seu organismo. Um último salto, para ultrapassar a poça de água, em frente, à “Lisbonense”. A chuva abatera-se sobre Lisboa, desde as 6 horas da manhã.

- Bom dia Rita ! Que raio de chuva !...
- Bom dia Sr. Raúl ! É Outono, é tempo dela !

Rita a empregada, era assim uma solteirona bonita, bem medida e que gostava de estar bem arranjada à frente da loja do pai. Vestidos rodados e abaixo do joelho, e a cara sempre simplesmente maquilhada, a condizer com a roupa que trazia vestida. Hoje, a roda era um “bordeaux”, por isso os lábios tinham um tom avermelhado silvestre. Raúl olhava-a com algum despudor e Rita deixava-se tocar pelo olhar dele.

- Sr. Raúl aqui tem o seu café !
- Obrigado Rita !

A porta da “Lisbonense” abria-se de novo.

- Pai, pai !...
- Diz, filho !
- O Pedro ontem lá na escola, estava a subir numa árvore e de repente, escorregou, como se tivesse posto o pé em cima de uma casca de banana...

O João era um miúdo esperto e estava com o seu grande amigo, o pai, Francisco. Todos os dias, normalmente, depois de Raúl, eles eram os clientes seguintes. Francisco enviuvara e desde então, dedicara a sua vida ao filho. Nunca pensara em casar de novo.

- Mas filho, o que é que o Pedro, o teu amigo, ia fazer em cima da árvore?
- Pai, ia tentar apanhar um passarito. Uma tarefa difícil, sem uma rede, não achas Pai?
- Sr. Francisco ! – interrompeu a Rita.
- Hoje é dia do seu filho levar o hamburguer para a escola, não é ?
- É sim Rita ! Simples com uma folha de alface e duas rodelas de tomate...

- E aquela carne saborosa, do talho do senhor Cruz ! – atalhou o João sorrindo.

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

GNR (2) Coro dos Tribunais

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Músicas do CD Duplo “Os Filhos da Madrugada” editado em 27 de Abril de 1994, onde o Grande José Afonso, foi homenageado pelos artistas das principais bandas portuguesas. É também a minha homenagem a esta figura IMPORTANTÍSSIMA na vida musical portuguesa e no respeito que demonstrava e defendia pela liberdade de todos os cidadãos.

José Manuel Cerqueira Afonso dos Santos (Aveiro, 02-08-1929 – Setúbal, 23-02-1987)


Desenho meu, feito a lápis de carvão, no ano de 1988, após a morte do Artista

GNR (1981)



Foram-se os bandos dos chacais
Chegou a vez dos tribunais
Vão reunir o bom e o mau ladrão
Para votar sobre um caixão
Quando o inocente se abateu
Inda o morto não morreu
Quando o inocente se abateu
Inda o morto não morreu
A decisão do tribunal
É como a sombra do punhal
Vamos matar o justo que ali jaz
Para quem julga tanto faz
Já que o punhal não mata bem
A lei matemos também
Já que o punhal não mata bem
A lei matemos também
Soa o clarim soa o tambor
O morto já não sente a dor
Quando o deserto nada tem a dar
Vêm as águias almoçar
O tribunal dá de comer
Venham assassinos ver
O tribunal dá de comer
Venham assassinos ver
Se o criminoso se escondeu
Nada de novo acoteceu
A recompensa ao punho que matou
Uma fortuna a quem roubou
Guarda o teu roubo guarda-o bem
Dentro de um papel a lei

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Consulta com o Psicólogo - Interacção Humorística (165)

Em 05-07-2012. Obrigado.

Consulta com o Psicólogo

Uma senhora termina a primeira sessão com o psicólogo, que lhe diz:

- Para a semana trabalharemos com o inconsciente !

Responde ela:

- Não acredito que o meu marido queira vir !

domingo, 1 de outubro de 2017

Adriano Correia de Oliveira – Nascidos Aqui (11)

(Dados Biográficos In Wikipédia e/ou In AllMusic.Com - Todos os excertos das biografias foram adaptados e algumas vezes traduzidos por Ricardo Santos)

Adriano Correia de Oliveira (09-04-1942 – 16-10-1982)

Trova do Vento Que Passa, de 1971


Cantar de Emigração, de 1971


Canção com Lágrimas


As Balas